Golpes no Facebook usam Black Friday para atrair vítimas e roubar dados

A Black Friday Brasil 2018 acontece nesta sexta-feira (23), mas criminosos já vêm usando o evento de ofertas como isca para atrair consumidores desavisados semanas antes da data. Segundo a Psafe, 234 páginas foram identificadas divulgando promoções falsas no Facebook apenas na última semana. A estratégia já é conhecida e se repete a cada ano: imitar perfis de lojas famosas para levar clientes a sites fakes. O objetivo final é, geralmente, roubar dados bancários e de cartões de créditos dos compradores.

Do total de páginas falsas detectadas pela empresa de segurança digital, 96 foram criadas especificamente para a Black Friday. Elas usam a identidade visual de grandes lojistas para enganar os visitantes, aplicando pequenas mudanças no nome. Magazine Luiza, Ponto Frio, Walmart e Mercado Livre são algumas marcas usadas nos golpes virtuais.

Juntas, as páginas acumulam mais de 15 mil curtidas no Facebook. Alguns perfis são mais simples, mas cerca de 80 delas podem ser mais sofisticadas. Nesses casos, a página falsa na rede social conta até mesmo com o botão “Comprar agora” diretamente na postagem.

Categoria:Brasil

Deixe seu Comentário