Avião de pequeno porte cai sobre casas em SP, deixa 2 mortos e feridos

Uma aeronave caiu na tarde desta sexta-feira (30) na região de Santana, Zona Norte de São Paulo, e causou a morte de duas pessoas, segundo o Corpo de Bombeiros. Houve ao menos seis feridos e outras cinco pessoas precisaram ser socorridas, mas sem ferimentos.

O avião é um monomotor Cessna C-210, prefixo PR-JEE, não tem caixa-preta e é um dos modelos que mais se acidentam no Brasil. A aeronave caiu na rua Antonio Nascimento Moura, área residencial perto do Aeroporto Campo de Marte, após decolar em direção a Jundiaí (veja mapa ao final da reportagem). O Campo de Marte opera voos executivos e precisou ficar fechado logo após o acidente.

Casas e veículos que estavam na rua onde a aeronave caiu também foram atingidos. O fogo chegou a se alastrar pelo asfalto, após vazar combustível pela rua. (veja vídeo abaixo)

O chamado para o resgate foi recebido às 15h58. Informações preliminares indicavam que parte dos feridos que estavam sendo atendidos teve queimaduras leves.

Mortos retirados dos destroços

De acordo com o tenente André Elias, do Corpo de Bombeiros, os dois corpos foram retirados dos destroços. Eram os tripulantes Guilherme Murback, de 26 anos, e Leonardo Kasuiro Imamura, de 43.

Das outras 11 vítimas, seis eram transeuntes que estavam na rua e foram atingidas por objetos ou destroços do avião no momento da queda. Outras cinco pessoas estavam dentro das casas.

Informações iniciais dos bombeiros apontavam que eram 12 feridos ao todo. No entanto, no início da noite os bombeiros informaram que somente seis pessoas tiveram ferimentos e outras cinco foram socorridas das casas, mas não estavam machucadas.

Casas e carros atingidos

Ao menos três casas foram atingidas, sendo uma delas um sobrado. Houve fogo no local e foram enviadas 16 viaturas e 56 bombeiros para o resgate. Quatro imóveis precisaram passar por perícia após o trabalho dos bombeiros, e três delas foram interditadas. Nenhum dos imóveis corre risco e desabamento.

A fumaça podia ser vista de longe, mas por volta de 16h20 o fogo já estava parcialmente controlado. A área atingida foi isolada, e os bombeiros encerraram os trabalhos de busca por vítimas por volta de 18h15. A empresa dona da aeronave é responsável pela retirada dos destroços do imóvel.

Ainda nesta sexta-feira, investigadores do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), iniciaram o processo de investigação do acidente, em busca da coleta de dados por meio da fotografia de cenas, retiradas de partes da aeronave para análise, coleta de documentos e oitiva de testemunhas. A investigação tem como objetivo evitar novos acidentes do tipo.


Categoria:Brasil

Deixe seu Comentário